Óleo de Rícino Para Menstruação: Benefícios e Como Usar

Oleo de Ricino pra menstruaçao

Aprenda em nosso artigo a como usar o óleo de rícino para menstruação, e assim, diminuir problemas corriqueiros como irregularidades no ciclo e dores.

Derivado das sementes da planta Ricinus Communis, este óleo tem sido muito utilizado para fins medicinais e estéticos.

Isso porque as suas poderosas propriedades são capazes de promover efeitos de crescimento capilar, hidratação na pele, além de cuidar do nosso organismo.

Sendo assim, acompanhe a seguir o nosso guia de como utilizar o óleo de rícino para menstruação:

Benefícios do óleo de rícino para menstruação

Conheça os benefícios do uso de óleo de rícino para distúrbios menstruais:

Óleo de rícino para menstruação atrasada

O óleo de rícino é muito utilizado para regular o ciclo menstrual. Este ciclo pode, afinal, desregular por diversos fatores, dentre eles, questões hormonais, psicológicas e de imunidade.

O óleo de rícino, portanto, vem como um agente que equilibrará estes fatores em nosso organismo, fazendo com que o ciclo seja mais saudável.

Assim, diminui o atraso e inibe que a menstruação fique completamente desregular. Gradativamente, o corpo passa a elaborar um ciclo mais eficiente, que ocorre em torno de 28 dias.

Óleo de rícino para cólicas menstruais

Este incrível óleo é ótimo para tratar cólicas menstruais. Isso porque ele é capaz de relaxar os músculos e diminuir as contrações do útero.

Além disso, ele tem um efeito tranquilizador, fazendo com que as dores diminuam gradativamente, e o organismo fique mais equilibrado.

O efeito anti-espasmódico promove alívios quase que instantâneo nas dores.

Além disso, como o óleo de rícino faz com que a menstruação desça mais rapidamente, e assim, as contrações não são mais tão necessárias para “expulsar” o que há no útero.

Óleo de rícino para tratar cistos no ovário

Os ácidos naturais presentes no óleo de rícino são potentes agentes que podem “dissolver”, gradativamente, os cistos no ovário.

Se você sofre com dores pélvicas recorrentes, é possível que você tenha pequenos cistos no ovário.

Desse modo, compressas regulares com o óleo de rícino podem acarretar em uma melhora expressiva, tanto das dores, como na redução dos cistos em si.

Como usar o óleo de rícino para menstruação?

Agora que você já conheceu os benefícios do óleo de rícino para menstruação, é chegado o momento de aprender a como utilizar este produto corretamente.

Como usar para cólicas menstruais e cistos

No caso de cólicas menstruais e cistos no ovário, você pode fazer compressas quentes com o óleo de rícino.

Você notará uma diminuição quase que instantânea nas dores abdominais e pélvicas.

Para isso, basta você:

  • Utilizar uma flanela limpa, umedecida com água quente.
  • Em seguida, pingar umas 5 gotinhas do óleo, de modo espaçado, nesta flanela.
  • Depois é só posicionar a flanela no abdômen, onde há a dor da menstruação, ou as dores dos cistos.
  • Deixe a pele absorver bem o óleo, para que você sinta os efeitos.
  • Repita sempre que achar necessário.

Como usar para menstruação atrasada

No caso da menstruação irregular e atrasada, você poderá consumir o óleo por via oral.

Porém, não existe uma medida única para todas as pessoas, uma vez que este óleo é também um potente laxante.

Dessa forma, é preciso ler atentamente a embalagem do produto que você adquiriu, para tomar a dosagem correta. Se tiver dúvida, converse com um profissional.

 

Considerações importantes

Que o óleo de rícino é bom para a menstruação, isso ficou claro. Porém, existem algumas considerações importantes que você precisa levar em conta antes de consumi-lo. Veja:

  • Faça um teste de toque antes de aplicar o óleo com compressas sobre a pele. Assim você poderá ter a certeza de que não tem alergia ao produto, podendo utilizar sem problema algum. Para isso, pingue uma ou duas gotinhas do óleo no seu braço, e deixe agir o máximo de tempo possível. Se não houver reações em 24 horas, você poderá usar este produto;
  • O óleo de rícino é um potente laxante e por isso, quando consumido via oralmente, é muito importante que a dosagem seja correta. Caso contrário, o excesso pode causar desidratação e pode até ser fatal;
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez e que estejam amamentando não podem utilizar o óleo de rícino;
  • Pessoas que possuem o cólon irritável ou obstrução intestinal estão proibidas de consumir o óleo de rícino.

Para mais receitas de cosméticos naturais, indicações de produtos e sorteios, siga o nosso Instagram.

Posts Recomendados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *