Pasta de Dente sem Flúor – Indicações de Produtos e Por que Usar

pasta de dente sem flúor

Você talvez já tenha ouvido que o flúor é benéfico para nossa saúde, tanto quanto é maléfico. Muitos especialistas apontam benefícios do seu uso, enquanto outros justificam que o excesso pode trazer sérios riscos para nossa saúde.

Em doses extremamente reduzidas, o flúor pode fazer bem para, por exemplo, os nossos dentes. Mas apenas em doses extremamente reduzidas. E qual será a dose que consumimos diariamente? Uma dose suficiente para prejudicar a nossa saúde.

Montamos este nosso guia para que você conheça todos os malefícios do uso do flúor em seus cuidados diários. Aprenda a importância de usufruir de pastas de dente naturais, sem o acréscimo de flúor, e proteja a sua saúde. Acompanhe a seguir todas essas informações.

Aprenda a fazer pasta de dente caseira natural.

 

O que é flúor?

O flúor é um elemento químico muito reativo e, por essa razão, não é encontrado em sua forma elementar. Ele se apresente, combinado com outros elementos e compostos, na forma de fluoretos (por exemplo) em diversos produtos que consumimos, como na pasta de dente e na água que bebemos.

O poder do fluoreto consiste em combater cáries e cuidar da saúde dos nossos dentes. Porém, isso ocorre quando consumida a quantidade ideal diariamente, de até 1g. Além dessa quantidade, o flúor se torna um verdadeiro inimigo de nossa saúde.

Como ele é poderoso contra cáries, sua inclusão na água de abastecimento é imposição de governos como estratégia de saúde pública, que garante que o mesmo chegue até as famílias mais carentes – que supostamente não teriam acesso ao flúor em pastas de dente.

E como as pastas de dente invariavelmente contêm flúor, ficamos diante de um problema: o consumo de flúor passa a ser sempre mais elevado, afetando diretamente a saúde de nós todos.

Dessa forma, é importante que você conheça todos os malefícios desta substância, para que possa removê-la – o máximo possível – do seu consumo diário. O que antes era um sucesso em controlar as cáries na população, hoje se tornou uma fonte de preocupação para diversos pesquisadores.

 

Quais os malefícios do flúor na pasta de dente?

A quantidade de flúor que ingerimos a partir da água proveniente das redes de abastecimento já é suficiente para proteger os nossos dentes. A utilização de pastas que contenham fluoreto pode, dessa forma, desencadear efeitos colaterais na saúde, sendo os principais malefícios os seguintes:

 

Acelera o envelhecimento de nossas células

O uso excessivo do flúor encontrado nas pastas de dente pode acelerar o envelhecimento das células, inibindo a produção de enzimas importantes para as mesmas.

Além disso, o fluoreto é capaz de estimular a degradação do colágeno, uma proteína extremamente importante para manter a saúde da nossa pele e dos nossos tecidos, bem como dos ossos (incluindo os dentes).

 

Impacta e provoca alterações nos glóbulos brancos

O consumo em excesso de fluoreto pode provocar severos impactos em nossos glóbulos brancos (nossas células de defesa). Como consequência, nosso corpo passa a ficar desprotegido e mais suscetível à invasão de microrganismos.

Nossa imunidade diminui e o nosso organismo fica propenso ao desenvolvimento de diversas doenças. Além disso, o corpo tem mais dificuldade em expulsar os agentes invasores, prolongando o estado em que o corpo fica debilitado.

 

Pode provocar doenças auto-imunes

Já dissemos que o flúor causa alterações nas células de defesa do nosso sistema imunológico.

Ele também é capaz de alterar o funcionamento correto das proteínas em nosso organismo, e, a partir disso, o nosso corpo passa a lutar contra ele mesmo, desencadeando graves doenças auto-imunes.

 

Pode desencadear a osteoporose

O excesso de flúor enfraquece os nossos ossos e articulações, diminuindo a força e a elasticidade dos mesmos. Como consequência, doenças como a osteoporose passam a fazer parte da vida da pessoa, e seu organismo passa a lutar constantemente contra o excesso do elemento.

 

Afeta a inteligência e o sistema nervoso central

Crianças que ficam expostas ao consumo exacerbado de flúor podem, no futuro, apresentar uma inibição no desenvolvimento intelectual saudável.

Isso ocorre porque o fluoreto afeta o desenvolvimento do sistema nervoso central, diminuindo a capacidade de inteligência e aumento no QI.

Pesquisas científicas apontaram que crianças vivendo em áreas com alto teor de flúor tiveram resultados de QI significativamente mais baixos do que aquelas que viviam em áreas com baixo teor de flúor.

 

Aumenta o risco de câncer

O excesso de flúor pode ainda causar o desenvolvimento dos mais diversos tipos de câncer. Isso porque ele afeta diretamente o sistema imunológico, inibindo o combate a radicais livres – responsáveis pelo envelhecimento precoce que mencionamos anteriormente.

Resultados de um outro estudo científico  sugerem uma ligação entre a exposição ao flúor e o osteossarcoma, um tipo de câncer nos ossos.

 

Problemas do Flúor Para a Saúde

Em um outro estudo científico, os autores concluem que as evidência disponíveis sugerem que o flúor tem um potencial para causar grandes problemas à saúde humana, enquanto traz apenas um efeito modesto de prevenção da cárie dentária.

Concluem que, como parte dos esforços para reduzir a ingestão perigosa de flúor, a prática da fluoretação artificial da água deveria ser reconsiderada globalmente, enquanto as medidas de segurança industrial precisam ser reforçadas para reduzir a descarga de compostos fluoretados no meio ambiente.  

 

Por que usar pasta de dente sem flúor?

Simplesmente porque esta é a melhor opção para cuidar da sua saúde.

Agora que você já conhece os malefícios do consumo de flúor em excesso, deve estar se perguntando: mas como me livrar desse problema? A resposta é: simplesmente diminuindo a ingestão de flúor a partir das pastas de dente.

Dessa maneira, se você quer se proteger, opte por cremes dentais que não apresentam flúor na composição. Esta substância está presente em nossa água e nos alimentos, sendo a quantidade mais do que suficiente para cuidar dos nossos dentes.

 

Lembre-se: o excesso de tóxicos pode desencadear efeitos colaterais não só no curto, mas no longo prazo também! Cuide do seu corpo e da sua saúde.

 

Caso queira um guia de cosméticos completo com receitas caseiras, naturais, veganas, livres de substâncias tóxicas e fáceis de fazer, o Escolha Natural recomenda o livro: guia completo da beleza feita em casa.

Posts Recomendados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *