Óleo Essencial de Bergamota: Conheça os Benefícios e Como Consumir

Óleo Essencial de Bergamota

Proveniente da casca da fruta bergamota (tangerina, mexerica), o óleo essencial de bergamota chega até você como um poderoso ingrediente natural capaz de lhe proporcionar diversos benefícios.

Com componentes medicinais, o uso regular deste óleo é capaz de proteger a sua saúde, lhe dar mais disposição e até mesmo auxiliar nos seus cuidados com a higiene pessoal.

Quer conhecer todos os benefícios deste óleo? Então acompanhe o nosso guia abaixo e descubra todas as vantagens de consumir o óleo essencial de bergamota! E ainda: aprenda qual a melhor forma de consumi-lo no seu dia-a-dia.

 

Benefícios do óleo essencial de bergamota

O óleo essencial de bergamota é um produto natural completo capaz de tratar tanto a nossa saúde física quanto mental. Conheça as vantagens deste óleo:

 

Antidepressivo natural

O óleo essencial de bergamota pode ser um poderoso estimulante para quem esteja vivenciando um quadro estressante ou depressivo, de acordo com pesquisas científicas. Isso porque o seu aroma cítrico é capaz de estimular nossos neurotransmissores responsáveis pela sensação de tranquilidade e bem-estar.

Estudos científicos demonstram que o óleo essencial de bergamota  pode afetar a transmissão sináptica, modular a atividade eletroencefalográfica e mostrou propriedades neuroprotetoras e analgésicas. O fitocomplexo, juntamente com outros óleos essenciais, também é amplamente utilizado na aromaterapia para minimizar os sintomas de ansiedade induzida por estresse e transtornos de humor leves.

Componentes como o limoneno e alfa-pineno são os principais combatentes dos sentimentos depressivos e de ansiedade. Eles revigoram as nossas energias, deixando o nosso corpo mais disposto para todas as atividades diárias.

A ciência também tem fornecido evidências da eficácia e segurança da inalação de óleo essencial de bergamota no bem-estar mental, sugerindo que a aromaterapia com óleo essencial de bergamota pode ser um tratamento auxiliar eficaz para melhorar a saúde mental e o bem-estar das pessoas.

 

Desinfetante natural

Por ser um poderoso fungicida e bactericida, você poderá utilizar o óleo essencial de bergamota como um desinfetante natural. Ele manterá a sua casa ainda mais cheirosa e protegida durante todo o dia.

Dessa forma, impedirá o desenvolvimento de fungos e outros microrganismos em regiões mais críticas de nossas casas, como os banheiros. Assim você garante limpeza e proteção extra para a sua família.

 

Efeito bactericida

Assim como o óleo essencial de bergamota é fungicida, ele também é bactericida. O seu uso durante banhos e compressas é capaz de tratar diversas infecções em nosso organismo, especialmente as de pele.

Desse modo, trata questões relacionadas à dermatite, por exemplo, além de criar uma barreira protetora em nosso corpo, quando utilizado a partir da massagem.

 

Age como analgésico natural

Sabe aquelas dores musculares nas articulações ou até mesmos espasmos como cólicas menstruais? Pois é! Pesquisas científicas têm demonstrado que o  óleo essencial de bergamota age como um analgésico natural, relaxando os músculos e inibindo a dor nas articulações.

Compressas mornas com algumas gotinhas do óleo serão capazes de acalmar as dores no corpo, além de proporcionar um profundo relaxamento.

Como consequência disso, os espasmos e as mais diversas dores diminuem, mantendo o corpo relaxado e tranquilo.

 

Potencial substituto da estatina

Uma pesquisa recentemente publicada  revelou que a bergamota cítrica tem princípios semelhantes à estatina e carrega o ácido 3-hidroxi-3-metilglutárico (HMG).

É uma ótima notícia para aqueles que possuem maiores riscos de doenças cardíacas, uma vez que há formas muito melhores de prevenir essas doenças do que tomar estatinas ou baixar desnecessariamente seu colesterol, incluindo comer direito, exercitar-se e manter níveis saudáveis de vitamina D no corpo.

 

Desodorante natural

Os efeitos bactericidas e o cheirinho cítrico do óleo de bergamota podem torná-lo um interessante desodorante natural.

Isso porque o mesmo manterá longe do organismo as bactérias causadoras do mau odor e perfumar o corpo. Desse modo você se mantém protegido por muito tempo utilizando um produto 100% natural que não trará efeitos colaterais para a sua saúde.

 

Efeito cicatrizante

Por fim, o óleo essencial de bergamota poderá auxiliar você no processo de cuidado com lesões na pele, por exemplo. Seus componentes aceleram a regeneração cutânea, melhorando expressivamente o processo de cicatrização.

É por essa razão que o mesmo também é utilizado nos casos de espinhas, já que as mesmas são inflamações na pele.

Conheça também os benefícios dos óleos essenciais, como o de lavanda, melaleuca e o de rosa mosqueta.

 

Como consumir o óleo essencial de bergamota

Agora que você já conheceu os benefícios deste óleo essencial tão completo, é hora de aprender a utilizá-lo no seu dia-a-dia a fim de garantir todas as vantagens para a sua saúde:

 

Durante o banho

Se você está com alguma lesão na pele ou, então, com dores pelo corpo, aproveite para utilizar o óleo essencial de bergamota durante um bom banho relaxante.

Para isso, basta encher a sua banheira com água quente ou morna e acrescentar 15 gotinhas do óleo essencial. Misture bem.

Depois é só submergir o corpo na água e relaxar, aproveitando os efeitos do óleo essencial em contato com a sua pele.

 

Como compressa

No caso de cólicas menstruais ou dores nas articulações, é possível ainda usufruir de uma boa compressa com o óleo.

Para isso, basta ferver meio litro de água filtrada e acrescentar 5 gotinhas do óleo essencial de bergamota. Em seguida, despejar a água em uma bolsa própria para compressas. Assim que amornar um pouco, pressionar a compressa na região dolorida e sentir o efeito quase que instantâneo.

Falando de menstruação, você já ouviu falar sobre benefícios do coletor menstrual? Confira tudo o que você deve saber sobre essa revolução nos cuidados pessoais femininos!

No caso de dores de cabeça, é possível amornar 200 ml de água, acrescentar 2 gotas do óleo de bergamota e mergulhar um pano macio na mistura. Depois é só torcer o paninho e apoiar na testa.

Assim que a pele absorver os componentes medicinais, as dores serão aliviadas, além de o cheiro proporcionar um efeito calmante e relaxante.

 

Como difusor

Você pode ainda utilizar o óleo em um difusor de ambientes, garantindo que o seu lar seja ainda mais tranquilizante e aconchegante.

Basta acrescentar 5 gotas do óleo essencial a cada 200 mL de água no difusor e expor a mistura no ambiente que desejar.

 

Durante a inalação

No caso de estresse extremo, faça uma inalação com o óleo de bergamota e sinta uma sensação de bem-estar quase instantânea.

Para isso, ferva 300 mL de água filtrada e acrescente 5 gotinhas do óleo essencial. Em seguida, aproxime o rosto do vapor e inale por pelo menos 5 minutos.

Só lembre-se de manter uma distância segura para não queimar a pele, ok?

 

Como desinfetante natural

Para esta finalidade, basta acrescentar 5 gotas do óleo essencial a cada meio litro de água que você utiliza para passar pano no chão da sua casa.

Assim você a manterá com um cheirinho agradável e muito mais protegida contra fungos e bactérias.

 

Como massageador

Quando estamos com dores musculares, uma massagem é sempre muito bem vinda. No caso do uso do óleo essencial de bergamota, apenas um alerta: nunca aplique óleo essencial diretamente na pele, pois é muito concentrado e pode ser prejudicial.

Portanto, no caso de massagens, procure misturar 1 gota do óleo essencial para cada colher de sopa de óleo vegetal da sua preferência.

Depois é só fazer a massagem normalmente, como você desejar.

 

Como desodorante natural

Por fim, para utilizar o óleo como um desodorante natural, experimente diluí-lo (1 gotinha) em duas colheres de água filtrada.

Depois aplique a misturinha nas axilas, com o auxílio de um algodão de disco.

 

Contraindicações

Atenção: Não se exponha ao sol ao usar o óleo de bergamota na pele! Devido ao seu teor de bergamotina e bergapteno, que absorvem a luz ultravioleta, o óleo de bergamota pode levar a queimaduras solares.

O mesmo se aplica a todos os óleos essenciais derivados de frutas cítricas como limão e  laranja.

 

A natureza proporcionando as melhores soluções

Pronto! Seguindo as nossas dicas você estará usufruindo de benefícios para a sua saúde que você não encontraria em outro lugar. Lembre-se: a natureza sempre proporcionará as melhores opções, e, em sua maioria, sem efeitos colaterais. Cuide-se!

 

Caso queira um guia de cosméticos completo com receitas caseiras, naturais, veganas, livres de substâncias tóxicas e fáceis de fazer, o Escolha Natural recomenda o livro: guia completo da beleza feita em casa.

Posts Recomendados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *