Óleo de Rícino: Para que Serve, Benefícios e Como Usar

óleo de rícino

O óleo de rícino foi descoberto como uma fonte de benefícios para a saúde e a estética do homem.

Por ser um óleo vegetal, extraído da semente da mamona, o óleo de rícino é rico em ácidos graxos, conhecidos por suas propriedades curativas. Outro nome para o óleo de rícino é “castor oil”.

Benefícios do Óleo de Rícino

A lista de benefícios do óleo de rícino é extensa, veja os principais:

  • Nutre, hidrata e promove a umectação dos cabelos;
  • Acelera o crescimento capilar;
  • Diminui a oleosidade do cabelo e combate a caspa;
  • Hidrata e trata problemas de pele;
  • Hidrata os lábios;
  • Auxilia no tratamento de cravos e espinhas (acne);
  • Trata machucados e inflamações;
  • Alivia cólica em bebês;
  • Atua como laxante, e trata a prisão de ventre;
  • Alivia dores nas articulações;
  • Trata infecções causadas por fungos;
  • Possui efeito cicatrizante e regenerador da pele, diminuindo rugas e marcas de expressão;
  • Promove a hidratação de unhas e cutículas;
  • Dá brilho e promove o crescimento de cílios e sobrancelhas
  • Deixa a barba mais vistosa e acelera seu crescimento.

 

 Benefícios do uso de óleo de rícino nos cabelos

O óleo de rícino tem como benefícios mais famosos os relacionados a tratamentos capilares. Seu uso apresenta bons resultados para cabelos cacheados, lisos, finos e grossos. 

  

Nutrição dos cabelos

Se você gosta de seguir o seu cronograma capilar, é interessante aplicar o óleo de rícino no dia da nutrição dos fios.

Assim, você pode aplicar o óleo puro por todo o cabelo, massageando bem mecha por mecha. Deixe agir o máximo de tempo que conseguir, sendo, no mínimo, 50 minutos.

Depois é só enxaguar normalmente.

 

Hidratação e umectação dos cabelos

Outra dica é você utilizar o óleo de rícino para potencializar as suas hidratações semanais.

Você pode misturar o óleo de rícino com cenoura e leite de coco, por exemplo, acrescentando 3 colheres de óleo a cada cenoura batida no liquidificador.

Depois é só aplicar mecha por mecha, massageando bem. Deixe agir por 30 minutos, envolvido em uma toalha quente ou touca térmica para acelerar o tratamento.

Hidratações naturais não precisam do cuidado de não aplicar próximo a raiz, podendo sim, abusar das máscaras por toda extensão dos fios.

Seu cabelo ficará mais encorpado e com um brilho maravilhoso.

Confirma outras formas de hidratar e umectar seu cabelo com nossas receitas de condicionador, máscaras e leave-ins.

 

Crescimento capilar

Estudos indicam que aplicar o óleo de rícino diretamente no couro cabeludo, de maneira regular, acelera o crescimento capilar, além de tratar problemas como quedas e caspas. Há ainda relatos que de que o óleo de rícino fazer nascer cabelos de forma mais abundante.

Você pode fazer esse procedimento uma vez por semana, massageando próxima a raiz dos cabelos com a ponta dos dedos, estimulando a absorção do produto.

As propriedades deste óleo melhoram a circulação sanguínea, e esta está diretamente ligada com a velocidade do crescimento de seu cabelo.

A blogueira Luana Viana fez o tratamento durante um mês com óleo de rícino para acelerar o crescimento do cabelo. Confira o antes e o depois no post dela.

 

Benefícios do Óleo de Rícino para a pele

Hidratação da pele

Por apresentar propriedades hidratantes, acrescentar este óleo em seu creme corporal natural pode potencializar ainda mais os resultados (aprenda a fazer o seu hidratante caseiro natural).

Em caso de muito ressecamento, como em cotovelos, joelhos, calcanhar ou até mesmo rosto, você pode aplicar, com o auxílio de um algodão, o óleo diretamente na pele.

No caso dos pés, aplique sempre antes de dormir, vestindo uma meia para manter aquecido e intensificar a absorção pela pele.

Ao acordar, é só enxaguar bem com água morna e pronto.

Nas demais áreas, como cotovelos, aplique duas vezes ao dia, ou sempre que sentir a pele muito ressecada. Não é necessário enxaguar logo em seguida.

 

Tratamento de problemas de pele

Problemas como a acne, por exemplo, podem ser resolvidos com a ajuda do óleo de rícino.

Por apresentar propriedades bactericidas e anti-inflamatórias, aplicar diretamente na acne auxilia no processo de secagem. Uma vez que ajuda a destruir as bactérias responsáveis pela formação das espinhas.

Também é recomendado para tratar problemas como verrugas e manchas. Nestes casos, basta aplicar diariamente em cima da pele comprometida. Normalmente, em duas semanas, você estará livre destes incômodos.

Aprenda também outras formas para acabar com espinhas cravos de formas naturais.

 

Hidratação dos lábios

Se você é daquelas pessoas que sofrem com lábios rachados, muito ressecados e que até sangram devido à desidratação, o óleo de rícino pode te salvar.

Basta aplicar, com a ajuda de um algodão, diretamente nos lábios, todas as vezes que você sentir o desconforto da pele seca.

Em pouco tempo você perceberá os lábios mais macios e menos marcados, graças à hidratação profunda deste óleo.

 

Benefícios do Óleo de Rícino no tratamento de doenças

 Machucados e inflamações

Por ser rico em substâncias anti-inflamatórias, aplicar óleo de rícino em machucados inflamados, por exemplo, acelera a recuperação e a cura da pele.

Basta aplicar algumas gotas no local comprometido e deixar o produto agir o máximo de tempo possível. Entretanto, não é necessário enxaguar logo em seguida.

Se preferir, cubra com uma gaze, garantindo que o óleo não escorra ou evapore, potencializando o tratamento.

Apesar de ser uma substância natural, converse com seu médico antes de iniciar esse tratamento.

 

Dores nas articulações

O óleo de rícino pode ser um aliado crucial contra as dores nas articulações. Basta fazer uma massagem relaxante no local dolorido e deixar a pele “encharcada”.

Aproveite para relaxar, pois, além de aliviar as dores, irá dar um efeito calmante e relaxante.

 

Infecções decorrentes de fungos

Sua ação antifúngica já foi comprovada cientificamente, assim, aplicar o óleo de rícino diretamente nas infecções causadas por fungos proporcionará a cura efetiva do problema.

Assim, alguns tipos de caspas são totalmente eliminados com a aplicação regular deste produto diretamente no couro cabeludo.

Outros problemas, como micoses nas unhas, podem ser tratados e eliminados quando pingadas algumas gotinhas do óleo pelo menos duas vezes ao dia.

 

Efeito laxante 

Por apresentar um efeito laxante, o óleo de rícino auxilia na prevenção e no tratamento de constipação intestinal.

Entretanto, é necessária certa cautela no seu consumo, sendo que, em excesso, pode provocar diarreias muito fortes, assim como complicações estomacais.

Dessa maneira, se você apresenta predisposição a doenças intestinais e do estômago, não é aconselhada a ingestão deste produto.

Como medicamento, o óleo de rícino é vendido com o nome “Laxol”. Para informações sobre indicações, dosagem e forma correta de tomar o óleo de rícino, consulte a bula.

 

Preço de óleo de Rícino e onde comprar

Existem diversas opções de produtos que contém óleo de rícino em sua composição, bem como opções do óleo vendido  puro.

As lojas americanas são uma boa opção para comprar online. Lá você encontra shampoos, máscaras de tratamento, condicionadores e leave-ins com óleo de rícino.

Os preços começam em R$ 7,00 e podem chegar a R$ 60,00 ou R$ 70,00, de acordo com o tamanho e variações do produto. 

Você também pode encontrar o óleo de rícino à venda em farmácias e lojas de produtos naturais.

 

Contraindicações do Óleo de Rícino

 Além de enfatizar os inúmeros benefícios deste produto, é importante frisar que o mesmo pode fazer mal à saúde de gestantes e lactantes.

Por apresentar propriedades que podem provocar o aborto, o uso durante a gravidez é contraindicado.

Quanto a lactantes, o consumo de óleo de rícino pode amargar o leite materno, fazendo com que o bebê possa recusar alimentar-se.

Caso queira um guia de cosméticos completo com receitas caseiras, naturais, veganas, livres de substâncias tóxicas e fáceis de fazer, o Escolha Natural recomenda o livro: guia completo da beleza feita em casa.

Posts Recomendados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *