Alumínio no Desodorante: Quais os Riscos e Como Evitar

aluminioVocê provavelmente já ouviu falar dos possíveis males do alumínio no nosso organismo, não é mesmo? O alumínio presente nos desodorantes é realmente tóxiconocivo? Ou será que isso é lenda?

O alumínio em suas diversas formas é uma daquelas substâncias que geram muita, mas muuuuuita polêmica.

Nesse post, vamos te dar as informações científicas de forma acessível para você entender por que deve (ou não?) evitar produtos de higiene pesssoal e cosméticos com alumínio.

No final, também vamos mostrar exemplos de produtos que contêm esse metal tóxico e outros que estão livres dele.

 

O Alumínio

Risco: MODERADO / INDEFINIDO

No mundo dos cosméticos, o alumínio é utilizado principalmente em desodorantes e antitranspirantes, mas também é encontrado em outros produtos, como batons e esmaltes.

Há muitas outras formas de se entrar em contato com o alumínio: por meio da água que bebemos, da panela ou do papel alumínio em que cozinhamos nossa comida e entre outras…

Nesse artigo, vamos focar no alumínio presente nos desodorantes e antitranspirantes e nas maquiagens.

Não deixe de conferir nosso Guia Completo sobre Desodorantes.

 

Os riscos dos antitranspirantes -> culpa do alumínio

Três principais riscos/problemas associados com o uso de antitranspirantes:

(1) bloqueio da liberação de toxinas através do suor,

(2) possível associação com câncer de mama; e

(3) possível associação com a doença de Alzheimer.

 

Bloqueio da liberação de toxinas através do suor

O alumínio dos desodorantes atua como antitranspirante, ou seja, obstrui os poros da pele e impede a eliminação das toxinas pelo suor. Dessa forma, as toxinas vão se acumulando nas glândulas localizadas abaixo das axilas.

 

Alumínio e o câncer de mama

Um lado

Os compostos de alumínio, assim como os parabenos,  são produtos químicos “estrogênicos”. Basicamente, isso significa que eles interagem com nossos hormônios imitando o estrogênio (também conhecido como o hormônio feminino).

O perigo dessa história é que  o excesso de estrogênio desempenha um papel na promoção do crescimento das células cancerígenas.

O alumínio também é tido como capaz de causar alterações no nosso DNA, e isso é consistente com um potencial papel no câncer de mama caso tais efeitos ocorram nas células da mama.

Existem estudos (P.D.Darbre; McGrath KG) que relacionam o uso de produtos cosméticos que contêm alumínio com o surgimento de câncer de mama.

Outro estudo (Linhart C et al.) associou diretamente o uso de desodorantes e antitranspirantes contendo alumínio com o câncer de mama. Foram encontrados níveis significativamente superiores de alumínio nos tecidos mamários com relação ao grupo de controle.

Estudos clínicos (Exley C et al.) mostram uma incidência desproporcionalmente alta de câncer de mama nos tecidos mais externos (axila e lateral) do peito. Justamente onde aplicamos o desodorante. Isso sugere a existência de correlação entre o uso desses produtos e o desenvolvimento de câncer.

 

O outro lado

Por outro lado, de acordo com a American Cancer Society, também existem diversos estudos que não encontraram correlação entre o uso de antitranspirantes com o câncer de mama (cancer.org).

Além disso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) divulgou um Parecer Técnico sobre o Uso de Antitranspirantes e sua Relação com Câncer de Mama, indicando que, até o presente momento, ainda não foram apresentados provas e dados capazes de confirmar essa relação.

 

Polêmica

Dessa forma, não há unanimidade científica entre o vínculo direto entre antitranspirantes contendo alumínio e câncer de mama.

Em resumo, diversos estudos científicos apontam a existência de evidências de que o alumínio pode ser, sim, um produto muito nocivo. Outros estudos apontam para a falta de evidências.

Ficamos muito confusos nessa história, né?

 

Nossa opinião

Dadas essas informações, e como sabemos que a ausência de evidências não é prova de ausência, NÓS preferimos não nos arriscar.

Mas… obviamente, a decisão sobre sua utilização ou não está em suas mãos.

 

Sua Escolha

O mais importante é que agora você tomou conhecimento sobre as informações científicas existentes e pode, dessa forma, tomar a SUA decisão consciente dos potenciais riscos associados ao uso do alumínio.

#FICAADICA: se está na dúvida, prefira um cosmético natural.

 

Alumínio e Alzheimer

Aqui as coisas ficam menos polêmicas (um pouco!).

O alumínio é considerado uma substância neurotóxica, ou seja, tóxica para seu sistema nervoso.

Diversos estudos (Shaw CA et al., Tomljenovic L, e  Exley et al.) correlacionam doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer, ao uso de alumínio.

Um estudo brasileiro realizou um levantamento de artigos científicos relacionando o alumínio e o mal de Alzheimer. “Foram selecionados 34 trabalhos para a pesquisa, desses, 68% estabeleceram relação entre o Al e a DA, 23,5% não apresentaram dados conclusivos e 8,5% não estabeleceram nenhuma relação entre o Al e DA.”

A polêmica, nesse caso, se baseia na dúvida sobre se alguma quantidade de sais de alumínio presentes em cosméticos é absorvida pela pele e, em caso positivo, qual seria essa quantidade.

Um agravante: o uso da lâmina para a depilação da axila pode produzir pequenos cortes e lesões, que se tornam vias de entrada para as substâncias contendo alumínio  (McGrath KG).

Outro agravante: são bioacumulativos, ou seja, a partir do momento em que o alumínio entra no nosso corpo, não é fácil eliminá-lo!

 

Alumínio nos cosméticos

O pó de alumínio, ou aluminium powder, é uma substância metálica composta por partículas finamente trituradas de alumínio,  utilizado pela indústria como um corante nos cosméticos.

Está presente em diversos cosméticos como esmaltes, batons, blushs e sombras de olho…

De acordo com o EWG, sua nota varia de 4 a 9 (risco alto), dependendo de seu uso.

 

Aliás, não deixe conferir nosso post sobre o trabalho do EWG.

 

Derivados do Alumínio

Por se apresentar em diversas fórmulas, apresentamos a seguinte tabela com as classificações do EWG (lembrando que a própria organização reconhece não ter dados suficientes para uma avaliação mais precisa).

Colocamos os nomes em inglês também, para te ajudar na hora de ler os rótulos.

Procure nos rótulos por:

Derivados do Alumínio Nota EWG Risco Uso
Clorohidrato de alumínio (Aluminum Chlorohydrate) 3 Moderado Antitranspirantes
Cloreto de alumínio (Aluminum Chloride) 5 Moderado Antitranspirantes
Alúmen de amônio ou sulfato de alumínio (Ammonium Alum) 1 Baixo Antitranspirantes
Sulfato de alumínio (Aluminum Sulfate) 2 Baixo Antitranspirantes
Pó de alumínio (aluminium powder) 5 a 9, dependendo do uso Alto Corante de cosméticos

 

Conclusão

Ainda não existem estudos atestando com 100% de certeza a toxicidade do alumínio presente em cosméticos.

De qualquer forma, diante de informações tão divergentes, NÓS preferimos nos manter conservadores .

Na dúvida, analisamos que o ser humano se desenvolveu durante milhões de anos sem a presença de alumínio em seu corpo. Ou seja, o alumínio não é componente fisiológico do corpo humano. Isso não deve fazer bem, né?

Algumas marcas informam que a partícula do cristal contendo alumínio é grande o suficiente para não ser absorvida pela pele. No entanto, ainda assim, o processo de transpiração e eliminação das toxinas fica prejudicado.

Fiquem atentos!

Dessa forma, NOSSA decisão é a de não utilizar esses produtos. Ainda mais porque existem outras opções de desodorantes naturais tão eficazes no mercado.

E você? Qual sua opinião?

 

Procure nos rótulos por:

ALUMINIUM (e qualquer uma de suas variações)

 

Onde é encontrado:

É encontrado principalmente em desodorantes, antitranspirantes e diversas maquiagens.

 

Atenção! Não é somente com o Alumínio que você deve se preocupar. Fique alerta sobre como outros compostos presentes em diversos cosméticos como os Ftalatos, Triclosan, Parabenos e Alcatrão (coal tar) também podem estar prejudicando a sua saúde.

 

Para facilitar a sua vida, selecionamos produtos naturais de diversas marcas sem Alumínio, com opções naturais e seguras de desodorantes e sabonetes.

 

Não deixe de conferir também nossas receitas caseiras de hidratantes e desodorantes naturais e nossos Guias Completos de Desodorantes, Shampoos e Sabonetes.

 

Quem somos nós? Conheça nossa história, nossos objetivos e nossa filosofia nesse post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *